Andaime Balancim Manual Preço de Fábrica para Obras

NR 18 Balancim

NR 18 Balancim

(Aten√ß√£o: esta norma foi atualizada atrav√©s da Portaria n.¬ļ 3.733 da Secretaria do Trabalho em 10 de fevereiro de 2020. Acesse esta postagem NR 18 Balancim Atualizada)

O uso do Balancim Manual dever√° estar em total conformidade com a norma regulamentadora NR 18, que trata das Condi√ß√Ķes e Meio Ambiente de Trabalho na Ind√ļstria da Constru√ß√£o. Pela NBR 6494 da ABNT o Balancim Manual √© um Andaime Suspenso Mec√Ęnico. Acesse nossa postagem para conhecer todos os Tipos de Andaimes Suspensos.

Leia abaixo o que diz a norma em referencia ao uso de Andaimes Suspensos, onde est√° encaixado o Balancim Manual.

nr 18 balancim

ANDAIMES SUSPENSOS

(Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.30¬†- Os sistemas de fixa√ß√£o e sustenta√ß√£o e as estruturas de apoio dos andaimes suspensos devem ser precedidos de projeto elaborado e acompanhado por profissional legalmente habilitado. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 201, de 21 de janeiro de 2011)

18.15.30.1 - Os andaimes suspensos devem possuir placa de identifica√ß√£o, colocada em local vis√≠vel, onde conste a carga m√°xima de trabalho permitida. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 201, de 21 de janeiro de 2011)

18.15.30.2 - A instala√ß√£o e a manuten√ß√£o dos andaimes suspensos devem ser feitas por trabalhador qualificado, sob supervis√£o e responsabilidade t√©cnica de profissional legalmente habilitado obedecendo, quando de f√°brica, as especifica√ß√Ķes t√©cnicas do fabricante. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.30.3 - Deve ser garantida a estabilidade dos andaimes suspensos durante todo o per√≠odo de sua utiliza√ß√£o, atrav√©s de procedimentos operacionais e de dispositivos ou equipamentos espec√≠ficos para tal fim. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.31 - O trabalhador deve utilizar cinto de seguran√ßa tipo p√°ra-quedista, ligado ao trava-quedas de seguran√ßa este, ligado a cabo-guia fixado em estrutura independente da estrutura de fixa√ß√£o e sustenta√ß√£o do andaime suspenso. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.32 - A sustenta√ß√£o dos andaimes suspensos deve ser feita por meio de vigas, afastadores ou outras estruturas met√°licas de resist√™ncia equivalente a, no m√≠nimo, tr√™s vezes o maior esfor√ßo solicitante. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.32.1 - A sustenta√ß√£o dos andaimes suspensos somente pode ser apoiada ou fixada em elemento estrutural. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 201, de 21 de janeiro de 2011)

18.15.32.1.1 - Em caso de sustenta√ß√£o de andaimes suspensos em platibanda ou beiral da edifica√ß√£o, essa deve ser precedida de estudos de verifica√ß√£o estrutural sob responsabilidade de profissional legalmente habilitado. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 201, de 21 de janeiro de 2011)

18.15.32.1.2 - A verifica√ß√£o estrutural e as especifica√ß√Ķes t√©cnicas para a sustenta√ß√£o dos andaimes suspensos em platibanda ou beiral de edifica√ß√£o devem permanecer no local de realiza√ß√£o dos servi√ßos. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 201, de 21 de janeiro de 2011)

18.15.32.2 - A extremidade do dispositivo de sustenta√ß√£o, voltada para o interior da constru√ß√£o, deve ser adequadamente fixada, constando essa especifica√ß√£o do projeto emitido. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.32.3 - √Č proibida a fixa√ß√£o de sistemas de sustenta√ß√£o dos andaimes por meio de sacos com areia, pedras ou qualquer outro meio similar. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.32.4 - Na utiliza√ß√£o do sistema contrapeso como forma de fixa√ß√£o da estrutura de sustenta√ß√£o dos andaimes suspensos, este deve atender as seguintes especifica√ß√Ķes m√≠nimas: (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 201, de 21 de janeiro de 2011)
a) ser invariável quanto à forma e peso especificados no projeto;
b) ser fixado à estrutura de sustentação dos andaimes;
c) ser de concreto, aço ou outro sólido não granulado, com seu peso conhecido e marcado de forma indelével em cada peça; e,
d) ter contraventamentos que impeçam seu deslocamento horizontal.

18.15.33 - √Č proibido o uso de cabos de fibras naturais ou artificiais para sustenta√ß√£o dos andaimes suspensos. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.34 - Os cabos de suspens√£o devem trabalhar na vertical e o estrado na horizontal. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.35 - Os dispositivos de suspens√£o devem ser diariamente verificados pelos usu√°rios e pelo respons√°vel pela obra, antes de iniciados os trabalhos. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.35.1 - Os usu√°rios e o respons√°vel pela verifica√ß√£o devem receber treinamento e manual de procedimentos para a rotina de verifica√ß√£o di√°ria. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 201, de 21 de janeiro de 2011)

18.15.36 - Os cabos de a√ßo utilizados nos guinchos tipo catraca dos andaimes suspensos devem: (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 201, de 21 de janeiro de 2011)
a) ter comprimento tal que para a posição mais baixa do estrado restem pelo menos seis voltas sobre cada tambor; e
b) passar livremente na roldana, devendo o respectivo sulco ser mantido em bom estado de limpeza e conservação.

18.15.37 - Os andaimes suspensos devem ser convenientemente fixados √† edifica√ß√£o na posi√ß√£o de trabalho. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.38 - √Č proibido acrescentar trechos em balan√ßo ao estrado de andaimes suspensos. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.39 - √Č proibida a interliga√ß√£o de andaimes suspensos para a circula√ß√£o de pessoas ou execu√ß√£o de tarefas. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 30 de 20 de dezembro de 2001)

18.15.40 - Sobre os andaimes suspensos somente √© permitido depositar material para uso imediato. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.40.1 - √Č proibida a utiliza√ß√£o de andaimes suspensos para transporte de pessoas ou materiais que n√£o estejam vinculados aos servi√ßos em execu√ß√£o. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.41 - Os quadros dos guinchos de eleva√ß√£o devem ser providos de dispositivos para fixa√ß√£o de sistema guardacorpo e rodap√©, conforme subitem 18.13.5. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.41.1 - O estrado do andaime deve estar fixado aos estribos de apoio e o guarda-corpo ao seu suporte. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.41.2 - √Č vedada a utiliza√ß√£o de guinchos tipo catraca dos andaimes suspenso para pr√©dios acima de oito pavimentos, a partir do t√©rreo, ou altura equivalente. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 201, de 21 de janeiro de 2011)

18.15.42 - Os guinchos de eleva√ß√£o para acionamento manual devem observar os seguintes requisitos: (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)
a) ter dispositivo que impeça o retrocesso do tambor para catraca;
b) ser acionado por meio de alavancas, manivelas ou automaticamente, na subida e na descida do andaime;
possuir segunda trava de segurança para catraca;

c) ser dotado da capa de proteção da catraca.

18.15.43 - A largura m√≠nima √ļtil da plataforma de trabalho dos andaimes suspensos deve ser de sessenta e cinco cent√≠metros. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.43.1 - A largura m√°xima √ļtil da plataforma de trabalho dos andaimes suspensos, quando utilizado um guincho em cada arma√ß√£o, deve ser de noventa cent√≠metros. (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 201, de 21 de janeiro de 2011)

18.15.43.2 - Revogado pela Portaria SIT n.¬ļ 157, de 10 de abril de 2006)

18.15.43.3 - Os estrados dos andaimes suspensos mec√Ęnicos podem ter comprimento m√°ximo de 8,00 (oito metros). (Inserido pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

18.15.44 - Quando utilizado apenas um guincho de sustenta√ß√£o por arma√ß√£o √© obrigat√≥rio o uso de um cabo de seguran√ßa adicional de a√ßo, ligado a dispositivo de bloqueio mec√Ęnico autom√°tico, observando-se a sobrecarga indicada pelo fabricante do equipamento. (Alterado pela Portaria SIT n.¬ļ 30, de 20 de dezembro de 2001)

Fabricação de Balancim Manual

O Grupo IW8 √© fabricante de Balancim Manual e uma vasta linha de equipamentos para Constru√ß√£o Civil. Obtenha mais informa√ß√Ķes acessando a Home de nosso site sobre Balancim Manual para Obras.

Se desejar um orçamento sem compromisso utilize nosso Formulário de Contato. Nosso departamento comercial atenderá o mais breve possível.